Artes, Pintores, Rembrandt

Retrato de Família

Na fase final de sua carreira, parecia que Rembrandt não estava mais preocupado com convenções. Enquanto seus antigos alunos adotaram há muito tempo um estilo de pintura mais suave, Rembrandt deu um passo adiante; fez pinturas notavelmente tenras de pessoas que claramente se amavam. Nunca antes, na História da Arte, a intimidade e o amor combinavam tão bem com manchas ásperas e manchas de tinta rebocadas. Não só isso ainda nos atrai hoje, mas alguns de seus contemporâneos também adoraram este ousado trabalho tardio do velho mestre.

A cena de uma família retratada em trajes históricos ou exóticos não é o que distingue esse trabalho. Muitos pintores estavam fazendo isso na época, mas esta pintura tardia de Rembrandt supera todos os outros retratos de família no calor que você sente ao contemplar a tela. O bebê tocando o peito da mãe é cativante. Para enfatizar esse gesto carinhoso, Rembrandt teve a ideia de deixar a blusa cair aberta, de modo que a mão do menino entra em contato com a pele de sua mãe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s