“Inatividade Controlada” por Sonya Shafer

Nós amamos nossos filhos. E temos grandes esperanças em relação a eles. Como Charlotte Mason tão acertadamente colocou: “As pessoas sentem que podem criar seus filhos para serem algo mais do que eles mesmos, que precisam e devem fazer isso.”

Esse é o motivo por que educamos em casa. Queremos dar algo mais aos nossos filhos.

Mas, por causa desse desejo, podemos facilmente cair em uma armadilha. “Devemos fazer tanto por nossos filhos, e somos capazes de fazer tanto por eles, que começamos a pensar que tudo repousa sobre nós e que não devemos interromper sequer por um momento a nossa ação consciente sobre as jovens mentes e corações ao nosso redor. Nossos esforços se tornam exigentes e insones. Ficamos demais com nossos filhos, ‘cedo e tarde’. Tentamos dominá-los demais, mesmo quando falhamos em governar, e somos incapazes de perceber que um afastamento sábio e proposital é a melhor parte da educação”.

Continuar lendo ““Inatividade Controlada” por Sonya Shafer”